Aniversário da Serva de Deus Irmã Benigna Victima de Jesus

No INSP, dia 16 de agosto é dia de celebrar a bondade de uma religiosa que destacou-se por onde passou: Irmã Benigna Victima de Jesus, atualmente em processo de beatificação* no Vaticano.

A religiosa nasceu em Diamantina/MG, em 16 de agosto de 1907 e, em 1934, ingressou na Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade. Pela sua solicitude, testemunho e caridade, confiante na Providência Divina, confortou os desempregados, aliviou os aflitos e promoveu a saúde, convertendo muitos ao catolicismo.

Em 1981, partiu para junto de Deus e deixou lançada na terra a certeza de que, através da oração, em especial a Salve-Rainha, podemos vencer todas as tribulações.

*A canonização – é um ato solene em que, após cumpridos regras e rituais prescritos pela Igreja, O Papa declara o indivíduo falecido inscrito no catálogo dos santos, concedendo-lhe culto irrestrito em todas igrejas.

 

Como “nascem” os Santos?

1 – Serva de Deus Irmã Benigna
O primeiro passo da santificação acontece quando um bispo submete no Vaticano o caso de um candidato já falecido e com reputação por feitos sagrados. Em um tribunal, oficiais analisam o histórico e escritos do postulante de forma a conferir o cumprimento da fé e da moral da Igreja. O candidato é declarado então um Servo de Deus.

2 – Venerável Irmã Benigna
Nesta segunda etapa, o processo é acompanhado pela Congregação para as Causas dos Santos, em Roma, onde é analisado se o candidato cumpriu de forma heroica as 11 virtudes exigidas pela Igreja ou sofreu martírio em defesa da fé. Em caso positivo, o Papa é informado e o postulante é nomeado Venerável. Exumação dos restos mortais e translado para uma Igreja de fácil acesso à visitação pública e Beatificação.

3 – Beata Irmã Benigna
Para que o processo de beatificação seja concluído, a Congregação para as Causas dos Santos deve analisar um milagre pelo qual o candidato teria sido responsável. Além disso, médicos devem atestar que não há explicação científica para tal cura. Em caso de reconhecimento destes feitos pelo Papa, o Venerável se torna Beato.

4 – Santa Benigna
Além da beatificação, o candidato pode ser santificado caso mais um milagre seja reconhecido. Assim, ele poderá ser venerado em todas as igrejas do mundo após cerimônia de canonização conduzida pelo Papa.

Fonte: Jornal O Globo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.

Fale conosco.
Fale com a gente!
Olá, em que posso lhe ajudar?