Cruz Missionária chega ao INSP Jacarepaguá

A Cruz Missionária está passando pelos Colégios da Rede CIANSP – Congregação da Irmãs de Nossa Senhora da Piedade. Sua peregrinação começou em outubro de 2012 no Colégio Nossa Senhora de Lourdes, em Lavras/MG, e seguiu para os demais colégios: Instituto São José em Sobradinho – Congonhas/DF,  Colégio Nossa Senhora da Piedade – Belo Horizonte/MG, Colégio São José e São Geraldo – Divinópolis/MG.

 

No dia 29 de abril, a Cruz Missionária chegou ao INSP do Flamengo, trazida de Divinópolis/MG pelos alunos André, Isabela, pela professora Lúcia e pela diretora Ir. Rosilene.

 

No dia 14 de maio, terça-feira, de manhã, o INSP de Jacarepaguá recebeu a Cruz Missionária – uma réplica da Cruz Missionária do Monsenhor Domingos, fundador da CIANSP, trazida pelos alunos do INSP do Flamengo. A cruz foi recebida nos portões do colégio por alunos dos Ensinos Fundamental e Médio e pelo Padre Lídio, seguindo em procissão até o Ginásio de Esportes Coliseu, onde aconteceu a celebração. Junto com a cruz, os alunos carregavam uma bandeira com o símbolo da JMJ – Jornada Mundial da Juventude e uma estola representando Monsenhor Domingos.
Foi um momento de celebração da fé, por meio do símbolo da cruz, que homenageia e comemora os 170 anos de nascimento de Monsenhor Domingos e a preparação para JMJ 2013, que será realizada, no Rio de Janeiro.
A cruz para Jesus foi o maior sinal de amor extremo. Só quem ama consegue fazer sacrifícios pelos seus. Para Monsenhor Domingos, a cruz foi símbolo da luta pela igualdade entre as pessoas.
Sua missão enquanto padre foi crescendo e, sendo grande devoto de Nossa Senhora da Piedade, em 1892, fundou a Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade. A fundação da Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade representou o real direito de igualdade entre os povos de todas as etnias. Monsenhor fundou a Congregação com doze jovens, sendo que algumas delas eram negras e filhas de escravos. Contra todo tipo de discriminação, acreditando que todos somos filhos de Deus, manteve seu coração aberto às bênçãos dos céus e estendeu estas graças às demais gerações.

A cruz também é um símbolo da fortaleza. “Quisera ter as asas dos alígeros para levar a Palavra de Deus a toda parte que cura e fortalece.” dizia Monsenhor Domingos

 

“Em sintonia com a JMJ 2013, o maior movimento jovem da Igreja Católica, a cruz de Monsenhor Domingos representa a continuação da boa nova de Jesus às pessoas. Carregar a cruz em nosso peito significa que estamos de acordo com os propósitos de Jesus. Ele mesmo disse em seu ministério: ‘Eu vim para que todos tenham vida’. Podemos pensar, neste ano de 2013, que tipo de vida nossos jovens estão vivendo? Quais os seus sonhos e esperanças? Estamos hoje reunidos no INSP para deixar ecoar que acreditamos na vida dos jovens e que somos CONTINUADORES DESSE ANÚNCIO DE VIDA” falou a professora de Ensino Religioso, Juliene.

 

No final da celebração, Padre Lídio fez a benção dos crucifixos de todos os presentes e a cruz missionária foi levada para a capela da escola.
A celebração com os pequenos da Educação Infantil teve o colorido de lenços acenados pelas crianças de sala em sala, ao som de cânticos entoados pelas Irmãs, por onde a cruz e a bandeira passava representava a bênção aos alunos.
No dia 15/05, quarta-feira, foi a vez das séries iniciais do Ensino Fundamental participaram da celebração e conheceram a história desta cruz.
A cruz voltará para Lavras na abertura dos Jogos, e permanecerá até a realização da Jornada Mundial da Juventude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.

Fale conosco.
Fale com a gente!
Olá, em que posso lhe ajudar?