INSP Vest: superando obstáculos!

Questionamentos como “Tem certeza que vai escolher essa carreira?” ou “Vai viver de quê?” são comuns no dia-a-dia dos adolescentes que estão na época de escolher o curso que desejam seguir na Universidade. Além da dúvida, há também os estereótipos de “carreiras de futuro”, “carreiras da moda” ou “carreiras de sucesso garantido” que pairam na hora da grande decisão.
 Segundo Gabriel Morse, Coordenador do INSP Vest, alguns estudantes chegam a ter receio e acabam deixando de escolher o que realmente anseiam seguir. Daí a importância de palestras e encontros formativos que esclareçam aos estudantes os detalhes desta fase tão complexa. Para dar um suporte extra, principalmente à 3ª série do Ensino Médio, o Programa de Formação de Pais, Professores e Alunos trouxe ao INSP, para uma palestra aos estudantes, Dr. Cláudio Sales, conceituado cardiologista. 

Dr. Cláudio Sales, cardiologista.

Gabriel iniciou a conversa perguntando ao médico como foi escolher a carreira de Medicina. Vítima de Poliomielite na adolescência, Cláudio compreendeu que, por causa das limitações físicas que a doença provocou, não poderia seguir a carreira de engenheiro mecânico, que era sua opção inicial. Sendo assim, optou pela sua segunda opção: a Medicina. “O que você for fazer, tem que fazer da melhor forma possível. Se eu fosse um vendedor de limão, seria o melhor vendedor de limão e não tenho dúvidas de que teria o mesmo padrão de vida que tenho hoje” – disse Cláudio. 

 

Quando perguntado se sofreu preconceitos, o médico foi incisivo: “As pessoas olham para você diferente, mas eu coloquei na minha cabeça que eu tenho que ser o melhor para que comecem a perceber além do Cláudio de bengala. Que comecem a perceber o Cláudio melhor da turma, o Cláudio que tira boas notas etc.” E conclui: “Tentem sempre ser o melhor, mas não por vaidade, para mostrar que você pode ser bom em qualquer situação.” 

O médico contou também que, na sua família, cada irmão escolheu uma carreira diferente. Enquanto ele seguiu pela Medicina, sua irmã formou-se em Música e seu irmão em Comunicação e posteriormente Direito. “É importante saber o que vai te fazer feliz” – disse o médico. Tentar conhecer melhor os cursos e também a si mesmo representa a melhor base para a hora da decisão do futuro acadêmico. Outro fator que ajuda é procurar entender suas próprias habilidades e ver em quais áreas de atuação elas se encaixam. Os próprios testes vocacionais, aplicados no INSP pela orientadora Regina Tosta, também representam uma grande luz nessa decisão. 

Por fim, Dr. Claudio abriu o espaço às perguntas dos alunos e descreveu experiências engrandecedoras de sua trajetória como médico e como o amor pela profissão é o grande responsável por uma carreira profissional de sucesso. Certamente os alunos do Ensino Médio receberam um relato muito valioso e puderam constatar a qualidade da preparação do INSP. 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.

Fale conosco.
Fale com a gente!
Olá, em que posso lhe ajudar?