INSP lança projeto de Cultura Afro-brasileira

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 20171023-cultura-afro-brasileira-e-indigena-na-educacao.jpg

Os estudantes do INSP Vest, o Ensino Médio, depararam-se com uma nova sala de aula que instigou sua curiosidade. Trata-se do mais novo projeto do colégio que traz para a sala de aula a fundamental influência dos povos africanos na formação do povo brasileiro.

“Tenho certeza de que os alunos vão gostar muito. É um projeto muito bonito que resgata as raízes da CIANSP, fundadora do INSP  e de todos os colégios da Rede Piedade, além de promover um debate tão necessário”, explica o coordenador do segmento, Luiz Fernando.

Com formato inovador, o projeto reverte a hierarquia urbana e promove uma troca de saberes vinda do interior para a metrópole, já  que conta com a professora Marinete Moraes, que reside em uma pequena cidade de Minas Gerais chamada João Monlevade, de apenas 60 mil habitantes. Marinete é terapeuta comunitaria, pedagoga e mestre em educação e docência pela UFMG.

Ainda dentro da proposta, que tem caráter multidisciplinar envolvendo todas as disciplinas de Ciências Humanas, os estudantes vivenciarão o dia-a-dia de uma redação de jornal em formato digital. Eles se dividirão em grupos representando as diferentes editorias para produzir notícias. Dessa forma, entenderão a relevância de trabalhar em prol da boa informação, colhida a partir de pesquisas e fontes confiáveis, uma lição de extrema relevância num cenário social inundado por notícias falsas e nocivas.

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.

Fale conosco.
Fale com a gente!
Olá, em que posso lhe ajudar?